Caixa Econômica 2020 – Linha de Crédito Imobiliário ganha taxas de juros Fixa!

O ano de 2020 preparou muitas surpresas para os brasileiros. Nem todas elas eram boas. Como pode ser acompanhado nas grandes mídias, os casos de Coronavírus ainda colocam medo na população.

Porém, é nesse clima que trazemos a todos os leitores apenas as melhores notícias! Não só sobre a economia como sobre o mercado imobiliário em si! Então, caro corretor, não desanime pois muitos negócios estão para acontecer!

Portanto, mantenha o espírito e trabalhe – mesmo a distância – acompanhando as mudanças no mercado. Como, por exemplo, a nova linha de crédito da Caixa Econômica Federal para 2020!

Pensando em te contar tudo sobre ela, foi que preparamos esse post. Nele, você poderá:

-🡪 Conhecer melhor essa nova linha de crédito
-🡪 Observar as vantagens da nova linha e como ela ganha potência para investimentos
-🡪 Saber quais os prazos e para quem eles se aplicam nessa nova linha de créditos

Nova Modalidade – Saiba das novas taxas para essa nova linha de crédito e não deixe de atualizar seus clientes!

Pouco antes do mês de março de 2020, os representantes da Caixa Econômica Federal tomaram um grande passo. Em evento único no Palácio do Planalto, anunciaram sua primeira linha de crédito com taxa de juros fixa.

Essa linha de crédito é designada para quem quer realizar o sonho da casa própria. Ela terá taxas que variam entre 8% e 9,75% ao ano. E é valida para todo e qualquer tipo de imóvel residencial, seja ele novo ou usado. 

Sobre os prazos, as mudanças não são tão grandes assim. Os contratos poderão ser feitos em até dois modelos. O cliente pode escolher entre os sistemas de amortização (SAC), quando o contrato tiver até 360 meses. Ou optar pelo sistema de Price para financiamentos em até 240 meses.

Mas afinal, o que isso significa então? É simples! As taxas de juros possuem seus valores de prestações ajustáveis. Essa variação ocorre de acordo com o sistema que é escolhido. Ou seja:

# SAC: O valor das prestações será decrescente. Porém o tempo máximo poderá ser maior para o financiamento. No caso, é de 360 meses (30 anos).

# Price: A prestação – ao contrário do SAC – terá um valor fixo. Porém, justamente pelo preço da parcela não mudar com o tempo, o financiamento possui menos meses. São 240 meses (20 anos).

O financiamento poderá ser feito para até 80% do valor do imóvel. A Caixa, em seu evento no Palácio do Planalto, também confirmo que as outras modalidades – as quais você pode ler sobre no nosso Blog – ainda continuam disponíveis.

Vantagens –  Saiba como seus clientes podem se beneficiar da nova linha de crédito e como ela move a economia!

Uma nova linha de crédito sempre é um assunto que merece atenção especial. Não é simples para um cliente aderir a uma nova linha. Alguns mais desconfiados levam meses ou anos para conseguirem sentir que pode ser uma boa investir com tal linha.

Contudo, vamos te mostrar algumas das vantagens sobre os créditos com taxas de juros fixas. Entre as principais, podemos já listar de cara para você:

1# Previsibilidade das prestações

 É normal os clientes não projetarem muito bem as mudanças do mercado e nem mesmo as mudanças em suas próprias vidas. O que pode gerar dor de cabeça no futuro. Afinal, nada pior do que instabilidade na vida, e aumento de juros nas parcelas de um financiamento, não é?

Pois bem, pode passar para seus clientes que eles estarão tranquilos nessa nova linha. Afinal, as prestações terão juros fixos! Isso significa que elas são previsíveis e não ocorrerá mudanças drásticas com as porcentagens.

O que, por consequência, age a favor do cliente. Que consegue manter um planejamento financeiro muito mais estruturado. Além de poder honrar de forma mais tranquila e segura seus compromissos econômicos.

2# Transferência do Risco do Cliente para o Banco

 Esta também é uma vantagem que será tranquila de ser explicada para seu cliente. Afinal, em um mercado que possui suas volatilidades. Os preços dos produtos estão sujeitos a determinadas alterações com o tempo.

Geralmente, esses repasses e reajustes recaem justamente sobre os juros dos financiamentos imobiliários. O que acarreta uma parcela mais cara para seu cliente. Contudo, com o juros fixo, esse risco de mudanças no mercado é cortado o cliente. Ou seja, se os preços dos materiais e dos produtos aumentarem. O banco não alterará o juros, arcando com o risco pelo cliente. 

3# Possibilidade de Securitização

Essa possibilidade garante que – caso ocorra algum tipo de problema – basicamente você consiga passar seu investimento para frente. Ele garante uma venda de carteira de modo mais vantajoso. 

Então, gostou do conteúdo e quer continuar aprendendo sobre novas oportunidades no mercado de imóveis? Fique ligado nos nossos canais oficiais, e no Blog!

Instagram

Facebook

LinkedIn

Leave your reply