Mercado Imobiliário Pós-Coronavírus – Como permanecer com suas vendas aquecidas?

Existiam muitas expectativas para o mercado imobiliário em 2020. Lançamentos a todo o vapor, construtoras tendo seus investimentos em alta. Além de uma legião de novos consumidores pronta para adquirir imóveis.

Porém, não foi assim que o ano seguiu. Claro, ninguém esperava que o motivo fosse uma pandemia mundial. Mas, é nessas horas que ter resiliência e adaptação fazem a diferença!

“Não sobrevive a espécie mais forte, mas a que se adapta à mudança”. Com essa frase do naturalista britânico Charles Darwin é que damos sequência ao post de hoje, que falará sobre:

-🡪 Expectativas do mercado imobiliário pós-coronavírus
-🡪 Sinais para manter a resiliência em suas vendas para 2020
-🡪 Como manter suas vendas em alta nos meses que virão

Expectativas de Mercado – Como será o mercado imobiliário pós-coronavírus?

Segundo Rodolfo Amstalden, especialista e colunista do veículo Seu Dinheiro, as expectativas de mercado para 2020 serão lentas, porém graduais. O país ainda tem as mesmas condições de antes do vírus para seu crescimento.

Porém, devido a instabilidade econômica e política gerada pela pandemia, é comum que as coisas desacelerem. Pelo menos esses são os argumentos de sua entrevista exclusiva, que você pode conferir nesse link.

Em resumo, a retomada do mercado imobiliário está programada para 2021. Até lá, é possível conferir diversas oportunidades para manter os negócios em alta ainda em 2020. Afinal, o que alguns encaram como problema, outros encaram como oportunidade!

Perspectiva de Retorno – Sinais para manter a resiliência em 2020!

“Mas, se a retomada está programada para 2021, o que farei em 2020?”. Essa, provavelmente, é a ideia que está passando na sua mente, certo, caro corretor? Não há, contudo, motivo para pânico! Te daremos um breve panorama sobre esses meses em isolamento social, para te ajudar a manter a resiliência em alta!

# Crédito Imobiliário com recurso de Poupança em alta!

Isso mesmo, você não leu errado. O crédito imobiliário aumentou desde o início da pandemia. Sabe o que isso significa, certo? Mais investimentos e mais oportunidades de negócios acontecendo. Isso, pelo menos, foi o que a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) em sua última pesquisa, que você confere aqui:

Segundo a entidade, no primeiro mês completo de isolamento social, o crédito imobiliário subiu em 22,6% em abril. Somando os valores, o crédito imobiliário com recursos da poupança movimentou R$ 6,70 bilhões em abril.

# Estímulo Monetário de ponta!

Não é novidade que o Brasil estava com sua taxa Selic – principal indicador econômico do país – em baixa. Contudo, especialistas estimam que ainda este ano a Taxa básica de juros da economia nacional pode cair ainda mais!

Segundo Bruno Marques, gestor dos fundos multimercado da XP Asset, o ambiente de condições financeiras relaxadas permite ao Banco Central pensar em cenários de afrouxamento

Em outras palavras, uma nova política monetária poderia levar a taxa Selic a 2%. Com a redução de juros, além do conjunto com outros aspectos, seria favorável a melhora nas taxas de financiamento imobiliário. 

Cenário este que ocorreu ao longo de todas as quedas da taxa Selic, como você confere aqui:

Vendas em Alta para 2020 – Como potencializar seus resultados e instruir seus clientes?

Com isso, caro corretor, você deve estar pensando: “Então todos os meus esforços não estão perdidos para esse ano?”. Podemos informar que você está, absolutamente, certo!

Confira agora alguns argumentos poderosos para utilizar com seus clientes. E que certamente farão com que eles possam visualizar investimentos promissores a longo prazo.

# Segurança em Primeiro Lugar

O setor imobiliário é muito procurado pela população como uma forma de investimento. Em tempos de crise e instabilidade, quem tem a possibilidade de movimentação monetária, muitas vezes, sai na frente!

Como já dissemos em uma matéria sobre compra, venda e aluguel, que você encontra aqui. O cenário favorece a compra de imóveis pelos preços, além dos juros baixos!

E partindo do princípio de que haverá queda de preços nos próximos meses, mas uma valorização ao longo dos anos. A melhor forma de lucrar com o investimento, é adquirindo imóveis na baixa.

Isso, a longo prazo, pode dar ao comprador segurança de que seu dinheiro não se desvalorizará. Além do aumento do patrimônio.

# Retorno maior que a caderneta de poupança e renda fixa

Como dissemos ali em cima, a taxa Selic pode chegar a níveis ainda mais baixos este ano. Isso implicaria diretamente nos rendimentos de renda fixa. Fazendo a mesma render menos do que já rendia com a taxa básica de juros em 3%.

Assim, não é uma boa para seus clientes deixarem seu capital na poupança. Uma das opções de investimento são os imóveis. O mercado está em constante transformação e por isso, investir em um bom lugar para morar, revender a longo prazo, ou possivelmente alugar, pode trazer ótimos retornos e muito maiores que a renda fixa.

# Mudança nos hábitos de consumo

Sabemos como o Home office está em alta, certo? Pois bem, isso pode ser o seu melhor argumento e de longe uma das melhores armas para convencer os clientes. Isso porque as pessoas estão optando por imóveis que possam servir de moradia, ou de escritório ao mesmo tempo.

Essa, inclusive, é uma das mudanças que a pandemia causou na mente dos consumidores. Contudo, esse é um assunto a ser discutido em outras postagens do blog, portanto, fique ligado! Dependendo da carreira ou modelo de trabalho de seu cliente, pode ser muito vantajoso investir em um imóvel que forneça as condições necessárias para trabalho.

E isso, caro corretor, pode ser uma das chaves para conseguir fechar negócios!

Conclusão

As expectativas para o mercado imobiliário são concretas em um primeiro momento. Muita coisa pode mudar, contudo, as condições para o crescimento do mercado imobiliário ainda estão aí. Só demorarão um pouco mais para aparecer.

A resiliência e a adaptação são uma das fontes do sucesso de qualquer corretor. Portanto, não perca essas qualidades e fique firme para novos negócios imobiliários em 2020. Novos negócios, aliás, que estão com grandes perspectivas de já estarem acontecendo enquanto você lê esse texto!

Fique atento as novas oportunidades de negócios imobiliários e repare, não somente na mudança de hábitos dos consumidores, como também nos principais indicadores que podem fazer seu cliente programar os investimentos para longo prazo e adquirir imóveis!

Gostou do conteúdo? Podemos te ajudar a encontrar argumentos, notícias, novidades e muitas lições valiosas sobre como aumentar suas vendas de imóveis, tudo no nosso blog e site oficial!

Leave your reply